Buscar
  • Fernando Goncalves

Reconhecimento de paternidade e seus efeitos


Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome;


João 1:11,12



A Paternidade, é o principal ato de amor de Deus sobre a humanidade (João 1 vs 12), entendo que Deus não quer apenas salvar, mas como um pai ele quer um relacionamento com seus filhos.


Quando recebemos o messias como senhor e salvador em nossas vidas a escritura relata que recebemos poder de sermos feitos filhos de Deus , no original é o mesmo que não ser feito e sim se tornar( γινομαι ginomai – tornar-se ) isso remete a uma transformação pessoal , uma transformação que nós temos que buscar e não esperar que o próprio ETERNO faça, ele tem poder pra isso?


Claro o ETERNO pode fazer o que lhe aprouver, mas a escritura é clara que somos nós que precisamos nos tornar, vemos que o diabo através da religião, durante muitos séculos tem roubado isso da humanidade durante todo esse tempo ele tem explorado essa falta de identidade dos filhos, para poder sujar e aprisionar a noiva, mas sim que Jesus era a figura humana mais próxima do pai.


Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai? Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras.

João 14:8-10


Mas Hashem tem levantado seus filhos, para trazer a noiva a sua realidade de filha amada, hoje é necessário, preparar, capacitar a geração atual de cristãos para que todos possam a alcançar e receber essa paternidade, para que as almas venham ser libertas das mãos do opressor.

Vemos na história do cristianismo uma força que através dos séculos sempre tentou apagar a presença do pai da equação, desde o concilio de Nicéia um planejamento para erradicar a figura do pai e retirar do centro da adoração, uma doutrina da concordância onde Jesus e o Deus são da mesma substância , com isso Jesus nasce de Maria ela se torna a mãe de Deus , seguindo esse contexto, se tornando superior ao próprio criador pois teria papel de antecessora e com isso tomo o lugar que antes era do pai.



Na igreja durante todos esses séculos de existência vemos que o ETERNO é suprimido e até mesmo não visto na adoração nos cultos, ainda que o filho sempre apontou para o pai vemos que o plano de tirar o pai da equação até os dias presentes tem dado certo.

Nas ultimas duas décadas o enfraquecimento da figura paterna em meio a sociedade é reflexo daquilo que já vinha acontecendo através dos séculos na igreja através de dogmas não bíblicos, então a falta de referência paterna sempre causou uma desestabilização na formação do indivíduo pois ainda que não houvesse uma figura humana paterna ele tinha em Deus a referência de paternidade.


Eu partilho desta experiência , então quando a humanidade, entender que tem Pai, o medo, a crise, a falta de direção desaparece, pois ai ela entenderá que tem um lugar para ela no colo do pai (lugar de socorro e proteção é assim que crianças quando tem medo se sentem seguros ) e de lá não irá mais querer sair, entenderá, que pra conhecer a Deus e seu reino é necessário estudar, orar se relacionar com O ETERNO e com seu próximo em amor não só em palavras mas também em atos :


Nisto conhecemos todo o significado do amor: Cristo deu a sua vida por nós e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos. Se alguém possuir recursos materiais e, observando seu irmão passando necessidade, não se compadecer dele, como é possível permanecer nele o amor de Deus? Filhinhos, não amemos de palavras nem de boca, mas sim de atitudes e em verdade. Desta forma, saberemos que somos da Verdade e acalmaremos o nosso coração na presença dele;

I Jo 3: 16-19


Aprenderá que cada situação que está passando não está sozinha, saberá que essa situação vem para alinhá-lo ao coração do pai. Um navio pra chegar ao porto precisa estar alinhado ao mesmo, assim como um avião para pousar, um carro ao estacionar ou seja na direção e posição correta , só assim entenderá que louvor é para adorá-lo e exaltar a sua glória para se derramamos nele e receber da sua presença e graça , entenderá que precisa de intimidade para com o pai, deixará de ser o menino que só pede mas entendera seu papel dentro da criação pois está escrito.


Os céus são os céus do SENHOR; mas a terra a deu aos filhos dos homens.

Salmos 115:16


Com isso irá desfrutar da presença do pai, pois quando isso acontece, ele sabe que não dependente das coisas da terra, pois com sua vida (oração, meditação, jejum, palavra, louvor) poderá tocar os céus e eles irão responder, pois um pai jamais tira os olhos de seu filho.

Está na hora de despertamos, não como igreja mais como filhos, pois só um filho que conhece o coração do pai pode trazer um órfão, para desfrutar deste amor, quando se tem esse amor, você não desconfia do seu próximo, mais quer invadi-lo com esse amor, quer levar esse entendimento, para que a humanidade venha usufruir o que o pai preparou.


Você se torna um intercessor a todos a sua volta, não será atraído por coisas mais por pessoas, pois você cuidara não dos reinos dos homens, não do reino da religião, mas cuidará do reino de seu Pai, se levantará como um leão (Gn 49 versos 8 ao 11), pois o religioso usa da falsa revelação para mostrar autoridade e manipular pessoas para seu propósitos escusos, mas o filho já tem autoridade dada pelo pai, pois ele é a espada do Pai sobre a terra, para derrubar altares do usurpador (altares de prostituição, de adultério, de inveja, fofoca ), e levantar altar


es de adoração, estabelecer tronos, edificar vidas no amor do pai


Somos filhos de propósitos, pois Deus tem nos dado esse entendimento, não importa a escuridão que você se encontrar (povo que andava nas trevas viu uma grande luz) não importa a sujeira que está sobre você (Zacarias 3 – a religião não impediu o pecado do povo) a religião ela deforma no caso de Josué 3 satanás fez um campanha em massa para desacreditar o sacerdócio, mais O Senhor com apenas uma palavra (porventura não é Josué um tição tirado do fogo?) mandou o anjo trocar as vestes de Josué ,por isso que a religião combate contra o reino, pois o pai tem um cálice amargo para carne(ou seja tudo que a humanidade pós moderna tem criado), para religião, mas não pro filhos , pois nesse cálice está seu Espírito que clama aba pai. Espírito que é amargo para tudo isso que a carne tem produzido.


Por isso que há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos. Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó. Ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como uma planta, e não cessarão seus renovos.

Jó 14: 7-9




Não cessem seus renovos, não pare de queimar seja como a sarça ardente, pois a promessa o Fogo arderá no altar e não se apagará, através do filho temos acesso a um relacionamento com o pai e que possamos fazer ser diário esse relacionamento, para que possamos se torna se transformar naquilo que O ETERNO propôs para nós, pois você com certeza é a resposta de oração de uma família, cidade, nação que precisa ser alcançada pelo amor do pai.





Pastor Fernando Gonçalves


74 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo